Integração: a chave da gestão

 em Termos técnicos integração

Com a nova era da computação tomando conta de funções antes desenvolvidas por humanos, há uma grande migração de tecnologia para o setor industrial. O grande o benefício é a qualidade do serviço, precisão das informações e acesso simples e fácil aos dados vitais da empresa. Levando cada vez mais a utilização e dependência de sistemas, softwares e aplicações para as mais variadas áreas.O negativo é que as organizações que sempre usaram sistemas legados, comum em 2007 por exemplo, não são mais tão úteis hoje em dia. Assim também, soluções de gestão que não traziam a escalabilidade entre seus pontos fortes, se tornaram inúteis em uma época em que quase tudo está na nuvem.
Por isso, o que era alavanca se transformou em empecilho. A integração de sistemas é, hoje, um fator crítico na infraestrutura de TI das corporações modernas.

Mas há razão das empresas possuírem dificuldade em integrar seus sistemas. Vamos entender os problemas desse desafio corporativo em diante.

Ineficiência de empresas sem integração de sistemas

Para que adianta implementar um ERP no seu negócio, se os dados gerados nesse sistema não são exportados para suas soluções fiscais? Porque esse cenário continua obrigando o contador a fazer cálculos de tributações no Excel e a inserir dados manualmente, de que adianta trazer um sistema como esse para sua corporação?

Na prática, são muitos os exemplos de cases de rotinas negativas provocadas pela falta de sinergia entre aplicações. É o caso da perda de tempo que um funcionários tem em fechar negócios. Correm para outro layout para assinar um contrato por exemplo e, só então, retornam ao primeiro sistema, anexando o documento. Mas um enorme desperdício de energia, foco e jornada de trabalho.

Perceba que o objetivo de se contar com tecnologia empresarial é ter dinamismo e mobilidade nos negócios. No fechamento de contratos, sincronização de informações entre todos os departamentos, redução de falhas de comunicação e diminuição de erros.

Se a empresa cresce implementando novos sistemas, mas negligenciando suas integrações, perde-se o sentido do investimento em tecnologia. A organização perde dinheiro, tempo, esforço humano e deixa de ser competitiva, a curto e longo prazo. Porque será que a sua empresa não está sofrendo com essa situação?

Benefícios da integração de sistemas

Sincronizar os dados que navegam em sua empresa resultam em um universo de vantagens. Abaixo citamos algumas:

 

  • Fim das falhas de comunicação

Um exemplo é se o departamento de cobrança acaba negativando um cliente que já efetuou a quitação dos débitos junto ao financeiro. Porque com uma integração de sistemas, esse tipo de cenário deixa de existir.
Aumento da produtividade
Com um sistema de CRM integrado a uma plataforma de assinatura eletrônica, os contratos podem ser assinados dentro do mesmo lugar.

  • Redução de erros

Se seu ERP exporta dados das vendas para suas soluções em gestão contábil (que são capazes de calcular o valor dos tributos de automaticamente), as possibilidades de inconsistências diminuem significativamente.
Um exemplo é dificuldade enfrentada por contadores à confusa metodologia de cálculo do novo ICMS em operações interestaduais. Porque graças à integrações de sistemas, quem atua na área deixa de sofrer com as fórmulas de alíquotas.

  • Gestão inteligente de produção, vendas e estoque

Integrar sistemas é fechamento de negociações automaticamente gerando atualizando o sistema de estoques. Porque ter metas comerciais em tempo real por meio de soluções de B.I. vinculadas ao ERP da empresa. Manter a pauta de uma reunião na nuvem, podendo exportá-la ao CRM da quando necessário.

 

Sua corporação não é um exemplo de empresa integrada? Converse com nossos consultores para levantar orçamentos e começar e automatizar os seus processos!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário