Web Services: o que é? Qual sua função no mercado?

 em Termos técnicos integração

Cada vez mais comum e habitual no universo de TI, o Web service ou WS possui uma infinidade de funções e chegar no momento corporativo informatizado atual para solucionar muitos desafios que o mercado oferece. Nesse artigo, vamos saber o que é e para que funciona o Web Service.
Um Web service é um conjunto de métodos invocados por outras aplicações utilizando tecnologias Web.

Ele é utilizado para transferir dados de protocolos de comunicação para diferentes plataformas, independentemente das linguagens de programação utilizadas nos sistemas.

Os WS funcionam com qualquer sistema, hardware ou linguagem de programação. Eles transmitem apenas a informação, ou seja, não são aplicações Web que suportam páginas que podem ser acessível através da Web.

Permitem reutilizar sistemas existentes numa corporação e acrescentar-lhes novas funcionalidades sem que seja necessário criação de uma aplicação a partir do zero. Portanto, é possível aprimorar os sistemas existentes, integrando informação e novas funções de forma simples e rápida.

Web service: Como funciona?

O Web service realiza o processamento e envia os dados para a aplicação que requereu a operação. Então tal aplicação recebe esses dados e os interpreta, transformando-os para a sua linguagem própria.

Há comunicação mesmo com linguagens diferentes?

Para tal, faz-se necessário uma linguagem intermédia que garanta a comunicação. Sendo essa entre a linguagem do Web service e a do sistema que faz o pedido ao WS. Então, existem protocolos de comunicação como o SOAP e o REST. Abaixo explicações sobre cada um desses protocolos:

SOAP:

O SOAP usa XML para enviar mensagens e, normalmente, serve-se do protocolo HTTP para transferir os dados. Associado então ao protocolo está o documento WSDL que descreve a localização do Web service e as operações que dispõe. Também fornece informação necessária para que a comunicação entre aplicações seja possível.

REST:

É o protocolo de comunicação mais recente e mais utilizado. Surgiu com o objetivo de simplificar o acesso aos Web services. O REST tem como base o protocolo HTTP e permite utilizar vários formatos para a representação das informações, como JSON, XML, RSS, etc.

Uma das características positivas do REST é o fato dele ser muito flexível, pois não limita os formatos de representação de dados. Assim, o REST também é utilizado para a melhora da performance, visto ser um protocolo rápido com a capacidade de transmitir dados diretamente via HTTP.

Quais os benefícios dos Web services?

Sua utilização traz muitos benefícios tanto tecnológico como negócio. Segue abaixo os principais:

Integração de dados e aplicações:

Sendo o funcionamento do WS precisar apenas de tecnologia XML/JSON e protocolos HTTP, a comunicação entre sistemas é muito mais simples. Com um Web service pode-se trocar informações entre sistemas, sem precisar recolher informações detalhadas sobre o funcionamento de cada um. Os WS auxiliam na ligação de qualquer tipo de sistema, independentemente de plataforma (Windows, Linux, etc.) ou linguagens de programação (Java, Javascript, PHP, etc.) utilizadas.

Reutilização de código:

Um Web service pode ser utilizado por várias plataformas com propósitos distintos de negócio. Assim, o código do WS é desenvolvido apenas uma vez e poderá ser utilizado diversas vezes por diferentes sistemas.

Desenvolvimento mais ágil:

É mais rápido programar com Web services, visto que as aplicações não são construídas do zero e podem ser inclusas novas funcionalidades tranquilamente, a agilidade de implementação de aplicações com a utilização de WS é muito maior, sendo muito utilizado no desenvolvimento de software à medida.

Segurança:

O Web service não se comunica diretamente com a base de dados. Assim, a situação do sistema fornecedor dos dados é segura.

Custos reduzidos:

Para utilizar o Web services não é necessário criar aplicações para integração de dados, o que poderia ocasionar custos elevados. Os WS tiram como base a utilização de protocolos e da infraestrutura Web já existente na organização, requerendo então pouco investimento.

Uma prática solução:

Numa corporação existem aplicações que organizam e trocam informações de formas distintas. Então, não é sempre garantida a comunicação efetiva entre aplicações. Porém, é cada vez mais necessária a troca de dados entre diferentes sistemas, seja apenas dentro de uma empresa ou entre elas.
O Web services então é uma solução prática e de baixo custo que soluciona incompatibilidade de aplicações e garante sua comunicação com outras aplicações, ultrapassando barreiras como o tipo de plataforma ou linguagens de programação utilizadas.

Você sabia que o Inout Manager pode ser utilizado como um Web service?
Não apenas, com ele é possível construir outros WS. Utilizando-o como Middleware.

Então, quer saber mais sobre o Inout Manager? Clique aqui e conheça!

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

O que é SaaS